Aberta a convocatória para nomeações para o Prémio GBIF Jovens Investigadores 2018

Está aberta a convocatória para candidaturas ao Prémio Jovens Investigadores 2018. Este concurso anual procura fomentar a investigação e inovadora no domínio da informática para a biodiversidade para alunos a desenvolver estudos de graduação ao nível do mestrado ou doutoramento que se baseiem em dados publicados através do GBIF.

Em 2018 serão atribuídos dois prémios de 5000 €, de preferência a um estudante de mestrado, e a um estudante de doutoramento. Portugal, enquanto membro do GBIF, poderá nomear dois candidatos, os quais serão selecionados entre as candidaturas nacionais que forem submetidas ao Nó Português do GBIF até 10 de maio de 2018. A Fundação para a Ciência e Tecnologia, através do Conselho Científico das Ciências Naturais e do Ambiente, irá colaborar com o Nó Português na seleção dos dois candidatos a serem nomeados por Portugal.

Os vencedores dos prémios serão anunciados imediatamente antes da realização da 25ª Assembleia Geral do GBIF, que decorrerá em Kilkenny, Irlanda, em Outubro de 2018.

Elegibilidade

Os candidatos a serem nomeados por Portugal devem ser alunos de um programa de graduação universitário para serem elegíveis ao prémio. Devem ainda ter nacionalidade portuguesa, ou ser estudantes com outra nacionalidade mas inscritos numa instituição portuguesa.

Processo e datas de submissão das candidaturas

Os candidatos devem enviar as suas candidaturas, por email para node@gbif.pt, até 10 de maio de 2018, para seleção a nível nacional. Não é possível a submissão direta de candidaturas ao Secretariado Internacional do GBIF. A submissões de propostas incompletas não serão consideradas. Todos os documentos submetidos deverão ser em língua inglesa.

Documentação a apresentar na candidatura:

  1. Sumário da investigação (200 palavras)
  2. Descrição do Projeto (máximo de 5 páginas, fonte 12 Arial), que descreve
    1. A necessidade da investigação e as questões que aborda.
    2. O papel dos dados acedidos através do GBIF para resolver estas questões. As propostas de investigação devem demonstrar claramente como é que o estudo usa dados mobilizados através do GBIF. Os estudantes com questões sobre os dados acessíveis através do GBIF devem trabalhar em conjunto com os seus orientadores científicos, com o Nó Português do GBIF, com o Secretariado Internacional do GBIF ou membros do Comité Científico do GBIF para melhorar o seu conhecimento sobre estes dados.
    3. O âmbito da investigação, o plano de trabalhos, metodologias, citação de literatura relevante e calendarização.
    4. Se relevante, uma descrição ou excerto de um plano de gestão de dados que sumarize como os dados relacionados com a investigação em curso serão preparados para publicação através da rede GBIF em GBIF.org.
  3. Orçamento (1 página), com lista de itens e respetiva justificação. NOTA: os itens elegíveis estão restringidos a propinas, equipamento essencial, hardware, software e viagens; custos associados a salários não são permitidos.
  4. Curriculum vitae do candidato incluindo o contacto completo na instituição de acolhimento
  5. Documentos de suporte:
    1. carta oficial do supervisor/orientador do mestrado/doutoramento atestando a situação do candidato enquanto aluno da universidade;
    2. pelo menos uma, e não mais de três cartas de suporte escritas investigadores que desenvolvam a sua atividade em áreas relacionadas com a informática para a biodiversidade (e.g. genética, composição de espécies e traits, biogeografia, ecologia, sistemática, entre outros)

Processo e critérios de seleção

As candidaturas serão avaliadas a nível nacional, para a seleção da candidatura de projeto de mestrado, e outro de doutoramento, a serem nomeadas pelo Chefe de Delegação Nacional ao GBIF. A seleção dos candidatos a nível nacional será realizada pelo Conselho Científico das Ciências Naturais e do Ambiente da FCT.

O Comité Científico do GBIF irá rever todas as nomeações apresentadas pelos países e selecionar os vencedores do Prémio Jovens Investigadores em setembro de 2018. Os premiados serão anunciados na 25ª Assembleia Geral do GBIF, na Irlanda, no mês seguinte.

Os critérios de avaliação, quer para a seleção nacional como internacional, inclui:

  • A originalidade e inovação
  • O uso e significado estratégico dos dados acedidos através do GBIF
  • A eficácia e impacto no avanço da informática da biodiversidade e / ou da conservação da diversidade biológica

Os premiados deverão reconhecer o suporte do GBIF quando disseminarem os resultados da investigação em artigos com revisão científica, apresentações em encontros científicos, e através de outros meios de comunicação.

Article Type: 

Créditos de imagens. Excepto quando declarado, os conteúdos deste sítio são licenciados através de Creative Commons Attribution CC BY Licence .
A utilização de conteúdos GBIF está sujeito ao Acordo de Utilização de Dados GBIF, e à Política de Privacidade.
O Nó Português do GBIF é acolhido pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA),
com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).