Notícias

Novo projeto de capacitação do GBIF ganho por GBIF Portugal, em parceria com o GBIF Espanha e Colégio F3, dedicado à agrobiodiversidade

O projeto submetido pelo Nó Português do GBIF, em parceria com o Nó Espanhol do GBIF e com o Colégio F3 (Food, Farming and Forestry) da Universidade de Lisboa foi selecionado pelo GBIF para financiamento em 10 000 EUR, no âmbito do programa Capacity Enhancement Support Program 2016.

Desafio GBIF Ebbe Nielsen 2016 dedicado à análise dos vazios e enviesamentos da informação sobre biodiversidade

Desafio Ebbe Nielsen 2016

Já é possível fazer a submissão de propostas ao GBIF Desafio Ebbe Nielsen 2016, até 29 de setembro. O desafio premiará os primeiro e segundo classificados com 20 000 € e 5 000 €, respetivamente, cujo anúncio de resultados acontecerá no GBIF Gioverning Board 23, em outubro próximo, em Brasília.

Seminário em Bissau dedicado à informação sobre a biodiversidade apresenta o GBIF às insituições e organizações da Guiné-Bissau

Seminário sobre o GBIF no IBAP, Bissau

A informação sobre a biodiversidade e o papel do Sistema Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF) foi o tema principal de um seminário realizado no Instituto da Biodiversidade e Áreas Protegidas em Bissau, no passado dia 14 de julho. O seminário foi co-organizado pelo IBAP e pelo Nó Português do GBIF. Neste seminário, foram também apresentadas as actividades do IBAP dedicadas à gestão de informação sobre biodiversidade das áreas protegidas em bases de dados e em sistemas de informação geográfica.

Seminário sobre o GBIF na Guiné-Bissau, realiza-se já no próximo dia 14 de Julho, acolhido pelo IBAP

É já no próximo dia 14 de Julho que o Instituto de Biodiversidade e das Áreas Protegidas da Guiné-Bissau acolhe, na sua sede, em Bissau, o seminário O Sistema Global de Informação sobre a Biodiversidade (GBIF) e a disponibilização de Biodiversidade da Guiné-Bissau. O seminário que ser realizará pelas 09h30, é co-organizado pelo IBAP e pelo Nó Português do GBIF, e decorre no âmbito do projecto GBIF_PALOP, para a promoção do GBIF junto dos países africados de língua Portuguesa.

Workshop em Maputo discute a participação de Moçambique no Sistema Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF)

Participantes no workshop em Maputo

 

A importância da participação de Moçambique no GBIF foi tema de debate num workshop realizado no dia 26 de Maio em Maputo, co-organizado pela Universidade Eduardo Mondlane (Departamento de Ciências Biológicas) e pelo Nó Português do GBIF. Cerca de 40 participantes provenientes da universidade, museus de história natural, institutos de investigação e ONGs moçambicanas ficaram também a conhecer melhor os objetivos da rede GBIF, o seu modo de funcionamento e os requisitos e processo de implementação de um nó nacional.

Workshop em Maputo sobre a importância da participação de Moçambique no GBIF

No próximo dia 26 de Maio realizar-se-á na Universidade Eduardo Mondlane (UEM), em Maputo, o workshop “Importância da Participaçâo de Moçambique no Sistema Global de Informaçâo Sobre Biodiversidade (GBIF)”, co-organizado pela UEM e poelo Nó Português do GBIF. O workshop decorrerá no Departamento de Ciências Biológicas da Faculdade de Ciências da UEM, e conta com ainda com o apoio do GBIF e do centro de investigação CiBIO/InBio.

A Universidade dos Açores publica a listagem dos organismos terrestres e marinhos dos Açores através do GBIF

 

A Universidade dos Açores publicou recentemente a checklist intitulada "Listagem dos Organismos Terrestres e Marinhos dos Açores", através do GBIF. Esta checklist que engloba todas as espécies dos principais grupos terrestres e marinhos dos Açores, é o primeiro recurso publicado por esta instituição, que se registou recentemente como publicador português.

Páginas

Subscribe to RSS - Notícias

Créditos de imagens. Excepto quando declarado, os conteúdos deste sítio são licenciados através de Creative Commons Attribution CC BY Licence .
A utilização de conteúdos GBIF está sujeito ao Acordo de Utilização de Dados GBIF, e à Política de Privacidade.
O Nó Português do GBIF é acolhido pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA),
com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).