Seminário sobre o GBIF na Guiné-Bissau, realiza-se já no próximo dia 14 de Julho, acolhido pelo IBAP

Article Type: 

É já no próximo dia 14 de Julho que o Instituto de Biodiversidade e das Áreas Protegidas da Guiné-Bissau acolhe, na sua sede, em Bissau, o seminário O Sistema Global de Informação sobre a Biodiversidade (GBIF) e a disponibilização de Biodiversidade da Guiné-Bissau. O seminário que ser realizará pelas 09h30, é co-organizado pelo IBAP e pelo Nó Português do GBIF, e decorre no âmbito do projecto GBIF_PALOP, para a promoção do GBIF junto dos países africados de língua Portuguesa. O seminário é destinado a instituições criadoras e utilizadoras de dados de biodiversidade, incluindo investigadores, decisores e implementadores de políticas sobre biodiversidade, gestores de áreas protegidas, ONGs de ambiente, e tem os seguintes objectivos:

  • apresentar o GBIF, dando a conhecer a infraestrutura, como aceder e utilizar informação e como participar através da publicação de dados de biodiversidade, e a importância da participação de um país no GBIF. informação sobre biodiversidade disponível para a Guiné-Bissau;
  • apresentar o acesso e uso dos dados através do portal do GBIF, com referência aos dados disponíveis para a Guiné-BIssau;
  • apresentar ferramentas informáticas, e manuais para disponibilização e uso de dados de biodiversidade;

No seminário, o coordenador do Nó Português do GBIF, fará apresentações sobre o GBIF, as ferramentas e recursos disponibilizados por aquela organização, e o acesso ao portal de dados internacional. Haverá ainda uma apresentação sobre o Sistema de Informação Geográfica do IBAP pelo seu colaborador, Eliseu Benate.

O Nó Português do GBIF está a promover o projeto GBIF PALOP - Promoção do GBIF nos Países Africanos de Língua Portuguesa através de documentação e seminários. Este projeto tem por objetivo aumentar a capacitação dos países de língua portuguesa sobre o GBIF e uso de informação sobre biodiversidade, através da produção de manuais e documentos em português, traduzidos das versões inglesas disponíveis no portal do GBIF. No âmbito do projeto são realizados também workshops sobre o GBIF nas capitais de três países africanos de língua portuguesa, tendo sido já realizado em Luanda em Setembro de 2015, e em Maputo em Maio de 2016, sendo Bissau a terceira cidade a receber estas reuniões.

section_art1: 
section_art2: 

Créditos de imagens. Excepto quando declarado, os conteúdos deste sítio são licenciados através de Creative Commons Attribution CC BY Licence .
A utilização de conteúdos GBIF está sujeito ao Acordo de Utilização de Dados GBIF, e à Política de Privacidade.
O Nó Português do GBIF é acolhido pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA),
com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).