Desafio GBIF Ebbe Nielsen 2016 dedicado à análise dos vazios e enviesamentos da informação sobre biodiversidade

Desafio Ebbe Nielsen 2016

Já é possível fazer a submissão de propostas ao GBIF Desafio Ebbe Nielsen 2016, até 29 de setembro. O desafio premiará os primeiro e segundo classificados com 20 000 € e 5 000 €, respetivamente, cujo anúncio de resultados acontecerá no GBIF Gioverning Board 23, em outubro próximo, em Brasília.

Este ano, o desafio é dedicado à identificação de vazios ou enviezamentos de informação, com a seguinte finalidade:
1. Determinar a completitude e consistência da cobertuda de dados apara qualquer grupo biológico ao nível continental ou global;
2. Fornecer uma análise ao  nível nacional da cobertura ou detalhe dos dados disponíveis para todos os taxa, ou para algum grupo taxonómico em particular;
3. Fornecer uma análise da cobertura ou detalhe para outras áreas, tais como ambientais (e.g. marinho) ou geografias (e.g. áreas protegidas);
4. Avaliar os dados para uma espécie individual de modo a avaliar o nível de confiança na completitude e cobertura para essa espécie.

Os trabalhos submetidos devem fazer o uso extensivo (ainda que não exclusivo) dos dados de biodiversidade disponíveis através do GBIF, para fornecer novas visualizações ou representações do tema proposto. Estas submissões podem ter a forma de um site web, uma aplicação desktop ou para plataforma móvel, o resultado de análises, podendo ser uma combinação destas. Podem também propor soluções para as questões identificadas através de análise ou viszualização de de dados, fluxos de análises de dados, carregamentos de dados ou anotações.

A submissão de propostas está aberta até dia 29 de setembro. Para mais informações, incluindo o regulamento, e submissão de candidaturas, consulte http://gbif2016.devpost.com/.

Article Type: 

Créditos de imagens. Excepto quando declarado, os conteúdos deste sítio são licenciados através de Creative Commons Attribution CC BY Licence .
A utilização de conteúdos GBIF está sujeito ao Acordo de Utilização de Dados GBIF, e à Política de Privacidade.
O Nó Português do GBIF é acolhido pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA),
com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).