Workshop com stakeholders debate necessidades de informação sobre agrobiodiversidade

 

O Nó Português do GBIF e o Colégio F3 da Universidade de Lisboa organizam no próximo dia 26 de Janeiro de 2017 o workshop Valorização da Agrobiodiversidade e a Importância da Informação em Bases de Dados para a Fileira da Vinha, que terá como principais objetivos identificar as percepções e conhecimentos de stakeholders sobre o potencial da agrobiodiversidade na valorização da fileira da vinha e do vinho, e avaliar o potencial da utilização de informação sobre biodiversidade disponível no portal GBIF e/ou noutras bases de dados, nas atividades constituintes da fileira da vinha e do vinho. Neste workshop, optou-se por explorar um caso de uso específico, o da fileira da vinha e do vinho, por ser uma fileira consolidada com grande impacte económico e capacidade inovadora, esperando-se contudo, que as conclusões possam ser exploradas noutras fileiras ou sectores de produção.

O workshop, cuja participação está reservada a cerca de 30 stakeholders e é apenas possível por convite, está integrado no projeto Agrotraining, em que se irá desenvolver um programa formativo que responda às necessidades dos stakeholders sobre informação em agrobiodiversidade. O workshop, em combinação com um inquérito online, a lançar na fase seguinte do projecto, irá suportara a preparação de um relatório sobre a análise das necessidades de uso de informação sobre agrobiodiversidade. Para além das instituições referidas, o projeto Agrotraining tem também como parceiro o GBIF Espanha.

O workshop será acolhido pelo Instituto de Ciências Socias da Universidade de Lisboa, que é um dos membros do Colégio F3.

Saiba mais sobre o workshop aqui.

Article Type: 

Créditos de imagens. Excepto quando declarado, os conteúdos deste sítio são licenciados através de Creative Commons Attribution CC BY Licence .
A utilização de conteúdos GBIF está sujeito ao Acordo de Utilização de Dados GBIF, e à Política de Privacidade.
O Nó Português do GBIF é acolhido pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA),
com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).