Workshop com stakeholders promove identificação das necessidades de informação sobre agrobiodiversidade

Workshop com stakeholders sobre Agrobiodiversidade
Article Type: 

Realizou-se no passado dia 26 de Janeiro o workshop Valorização da Agrobiodiversidade e a Importância da Informação em Bases de Dados para a Fileira da Vinha, que contou com a presença de 24 participantes provenientes de 23 entidades. O workshop, realizado no âmbito do projeto Agrotraining, teve por objectivo identificar as percepções e conhecimentos de stakeholders sobre o potencial da agrobiodiversidade na valorização da fileira da vinha e do vinho, e avaliar o potencial da utilização de informação sobre biodiversidade disponível no portal GBIF e/ou noutras bases de dados, nas atividades constituintes da fileira da vinha e do vinho.

A parte da manhã do workshop foi reservada à realização de grupos de reflexão, tendo os participantes sido organizados em três grupos: cadeia produtiva, entidades reguladoras e ONGs, investigação e desenvolvimento. Os grupos responderam a um questionário de seis perguntas, para explorar aspectos relacionados com a percepção sobre agrobodiversidade, as suas componentes, de como influenciam ou são influenciadas pela actividade vitivinícula, a associação com o uso de informação em bases de dados sobre agrobiodiversidade, e finalmente, sobre as interacções que cada grupo realiza com outros stakeholders.

A tarde foi dedicada à preparação de casos de uso sobre agrobiodiversidade, em que os grupos, com uma composição de participantes variada, foram desafiados a identificar uma questão onde o uso de informação sobre biodiversidade seria muito relevante para a sua resolução. Foram criados trẽs grupos, cujos casos de uso, apresentados pelos respectivos relatores em sessão plenária, se dedicaram a aspectos complementares da agrobiodiversidade, tais como a distribuição da traça da uva (Lobesia botrana Denis & Schifferm), a importância da variabilidade genética da videira nma adaptação às alterações climáticas, ou a reconversão de áreas não exploradas para a promoção da biodiversidade, em sistemas agroambientais.

A sessão sobre os casos de uso foi antecedida de uma apresentação pelo Presidente do Instituto da Vinha e do Vinho, Eng. Frederico Falcão, com informação sobre o desempenho do sector da vinha e do vinho por Portugal, incluindo no contexto do mercado global, assim como sobre o Sistema de Informação da Vinha e do Vinho, utilizado por aquele instituto, por exemplo, para a análise da evolução de adopção de castas em Portugal, ou da incidência de doenças associadas à videira. Foram ainda feitas duas apresentações por membros do projecto Agrotraining, Maria Romeiras e Vânia Proença, sobre diferentes casos de uso de informação sobre biodiversidade, tal como a que está disponível através do GBIF. As apresentações estão disponíveis para download na página do programa do workshop.

O workshop encerrou com o agradecimento da presença de todos os participantes, cuja contribuição será muito importante para identificar as necessidades de informação, e como poderá o GBIF cumprir melhor o serviço de dados para suportar o desenvolvimento da actividade da vinha e do vinho. Os resultados do workshop, em conjunto com a realização de um questionário online a ser lançado em breve, permitirão a avaliação dessas necessidades, e contribuirão para o desenho de um curso de formação sobre o uso de dados de biodiversidade na actividade sobre agrobiodiversidade, o que constitui um dos principais resultados que se pretende obter com o projecto Agrotraining.

 

Créditos de imagens. Excepto quando declarado, os conteúdos deste sítio são licenciados através de Creative Commons Attribution CC BY Licence .
A utilização de conteúdos GBIF está sujeito ao Acordo de Utilização de Dados GBIF, e à Política de Privacidade.
O Nó Português do GBIF é acolhido pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA),
com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).