IMAR publica mais de 300 mil ocorrências de espécies levando o portal de dados português do GBIF a ultrapassar os 6 milhões de registos

Golfinho

O Instituto do Mar, Centro do Mar e Ambiente (IMAR), da Universidade de Coimbra, desenvolve investigação no domínio das Ciências do Mar e do Ambiente, voltada às zonas costeiras e bacias hidrográficas. Estão registados no GBIF desde 2017, e recebem o aval de publicação da OBIS, que é um centro de informações global e de acesso aberto sobre biodiversidade marinha, para ciência, conservação e desenvolvimento sustentável.

O IMAR nesta primeira publicação contribuiu com 336,209 registos, sendo 335,102 com coordenadas geográficas, e que estão distribuídos em 19 conjuntos de dados. Os dados representam parte das colheitas no âmbito de campanhas desenvolvidas pelo instituto, como o POPA, Programa de Observações para as Pescas dos Açores, que é um programa de monitorização contínua da pesca na Europa. Este, fornece dados sobre a pesca do atum com vara e linha, de espécies de cetáceos, tartarugas marinhas e aves marinhas, bem como lixo marinho e parâmetros ambientais seleccionados. O POPA contém globalmente mais de cinco milhões de registos, e traz informações sobre aproximadamente um milhão de milhas quadradas de ambientes oceânicos.

Esta publicação representa um grande avanço no conhecimento sobre as ocorrências e espécies abrangidas, contribuindo para o conhecimento sobre a biodiversidade portuguesa e global. Também, representou um marco para a base de dados portuguesa do GBIF, uma vez que o aporte de dados ajudou a ultrapassar a marca do seis milhões de registos de ocorrência.  

 

Article Type: 

Créditos de imagens. Excepto quando declarado, os conteúdos deste sítio são licenciados através de Creative Commons Attribution CC BY Licence .
A utilização de conteúdos GBIF está sujeito ao Acordo de Utilização de Dados GBIF, e à Política de Privacidade.
O Nó Português do GBIF é acolhido pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA),
com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).