Antecedentes

Antecedentes

Em 2006 executou-se o Projecto de mentorado Espanha-Portugal 2006, com o objectivo de estruturar e implementar o Nó Português do GBIF. Esse projeco produziu a matriz sobre a qual o Nó Nacional recentemente implementado se organizou, para além de ter ter permitido uma caracterização do panorama nacional sobre as colecções biológicas àquela data. Justifica-se, portanto, reproduzir aqui os resultados relevantes atingidos com o projecto de mentorado.

Workshop Digitalização de Colecções Biológicas

Num esforço de implementar o nó português, e participar activa e concertadamente no GBIF, realizou-se na Universidade do Minho, em Braga, o Workshop Digitalização de Colecções Biológicas, entre 5 e 7 de Julho de 2006. Neste participaram cerca de 50 taxonomistas e bioinformáticos, responsáveis institucionais de colecções biológicas e de culturas de organismos, dos domínios das plantas, animal e microbiano.

O estado de informatização das colecções em Portugal

O inquérito do projecto Biocase (http://www.biocase.org), projecto financiado pela UE em que Portugal participou) foi adoptado e adaptado pela comunidade nacional no Workshop de Braga, tendo sido preenchido pelas instituições no Verão de 2006. Os resultados obtidos permitem traçar o perfil das colecções portuguesas, em relação ao número de espécimes conservados e quantidade de dados informatizados.

Projecto de mentorado Espanha-Portugal 2006

Introdução

Portugal associou-se ao GBIF, assinando o primeiro Memorando de Entendimento em Junho de 2001, mas infelizmente nenhuma das iniciativas para a criação de um nó nacional teve sucesso até ao presente.

Nesta altura, o Governo Português está a reactivar as suas actividades relacionadas com o GBIF, pelo que é essencial aproveitar esta actividade de mentorado para criar e consolidar o Nó Português do GBIF, beneficiando de toda a experiência que o Nó Espanhol acumulou nos três anos de actividade.

Subscribe to RSS - Antecedentes

Créditos de imagens. Excepto quando declarado, os conteúdos deste sítio são licenciados através de Creative Commons Attribution CC BY Licence .
A utilização de conteúdos GBIF está sujeito ao Acordo de Utilização de Dados GBIF, e à Política de Privacidade.
O Nó Português do GBIF é acolhido pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA),
com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).