Aumento Capacitação GBIF

Projetos do Programa de Apoio de Reforço da Capacidade do GBIF com participação do Nó Português do GBIF

Seminário sobre o GBIF na Guiné-Bissau, realiza-se já no próximo dia 14 de Julho, acolhido pelo IBAP

É já no próximo dia 14 de Julho que o Instituto de Biodiversidade e das Áreas Protegidas da Guiné-Bissau acolhe, na sua sede, em Bissau, o seminário O Sistema Global de Informação sobre a Biodiversidade (GBIF) e a disponibilização de Biodiversidade da Guiné-Bissau. O seminário que ser realizará pelas 09h30, é co-organizado pelo IBAP e pelo Nó Português do GBIF, e decorre no âmbito do projecto GBIF_PALOP, para a promoção do GBIF junto dos países africados de língua Portuguesa.

Workshop em Maputo discute a participação de Moçambique no Sistema Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF)

Participantes no workshop em Maputo

 

A importância da participação de Moçambique no GBIF foi tema de debate num workshop realizado no dia 26 de Maio em Maputo, co-organizado pela Universidade Eduardo Mondlane (Departamento de Ciências Biológicas) e pelo Nó Português do GBIF. Cerca de 40 participantes provenientes da universidade, museus de história natural, institutos de investigação e ONGs moçambicanas ficaram também a conhecer melhor os objetivos da rede GBIF, o seu modo de funcionamento e os requisitos e processo de implementação de um nó nacional.

Workshop em Maputo sobre a importância da participação de Moçambique no GBIF

No próximo dia 26 de Maio realizar-se-á na Universidade Eduardo Mondlane (UEM), em Maputo, o workshop “Importância da Participaçâo de Moçambique no Sistema Global de Informaçâo Sobre Biodiversidade (GBIF)”, co-organizado pela UEM e poelo Nó Português do GBIF. O workshop decorrerá no Departamento de Ciências Biológicas da Faculdade de Ciências da UEM, e conta com ainda com o apoio do GBIF e do centro de investigação CiBIO/InBio.

Workshop em Luanda sobre partilha de dados sobre biodiversidade discute participação de Angola no GBIF

Trinta pessoas de museus, universidades e e organismos ligadas ao ambiente, agricultura e pescas participaram em Luanda no Workshop sobre a Partilha de Dados Científicos sore Biodiversidade. O evento foi organizado pelo Ministério de Ciência e Tecnologia de Angola com a colaboração do Nó Português do GBIF e decorreu no Centro de Convenções do Talatona, no dia 10 de Setembro, como um evento paralelo da 4ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia.

Promoção do GBIF nos Países Africanos de Língua Portuguesa através de documentação e seminários

O projeto tem como um dos objetivos assegurar que existe, em português, um conjunto fundamental de documentos de apoio ao estabelecimento de um nó do GBIF e à mobilização de dados de biodiversidade. Outro objetivo é promover a divulgação do GBIF junto dos países africanos de línguia portuguesa, em particular em Angola, Guiné-Bissau e Moçambique, de modo a facilitar a adesão das comunidades destes países ao GBIF, e a capacitação no uso e mobilização de dados de biodiversidade

 

Notícias sobre o projecto:

Encounter Bay (ALA Node portal internationalization)

O projeto tem por objetivo a internacionalização da plataforma Atlas of Living Australia para as línguas francesa, espanhola e portuguesa. A tradução da plataforma permitirá facilitar a reutilização do portal por outros participantes da rede GBIF. Será também produzida a documentação de base para facilitar esta adopção, incluindo um manual de instalação e operação, e um guia para a tradução do sistema noutras línguas.
 
Financiado pelo Capacity Enhancement Suport Programme 2015 do GBIF.
 
Lider: Bélgica
Outros participantes; Espanha, França, Portugal

Páginas

Subscribe to RSS - Aumento Capacitação GBIF

Créditos de imagens. Excepto quando declarado, os conteúdos deste sítio são licenciados através de Creative Commons Attribution CC BY Licence .
A utilização de conteúdos GBIF está sujeito ao Acordo de Utilização de Dados GBIF, e à Política de Privacidade.
O Nó Português do GBIF é acolhido pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA),
com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).