Resultados preliminares do Questionário das Bases de Dados de Biodiversidade e Colecções Biológicas 2013.

 

O Nó Português do GBIF concluiu recentemente o Questionário sobre Bases de Dados de Biodiversidade e Colecções Biológicas, tendo sido registados 72 recursos provenientes de 16 entidades, entre universidades, instituições públicas e associações ou entidades privadas.

 

Foram inseridas 64 Coleções Biológicas de diversas instituições como a Universidade dos Açores, a Universidade de Lisboa, através do Instituto Superior de Agronomia e Museu Nacional de História Natural e da Ciência, a Universidade do Algarve, o Museu de História Natural da Universidade do Porto, a Universidade de Évora, o Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, o Jardim Botânico do Faial, o Centro de Oceanografia da Faculdade de Ciências, a Direcção Geral do Património Cultural, o Banco Português de Germoplasma Vegetal, Instituto de Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge e Instituto de Investigação Científica Tropical.

 

Grande parte destas instituições identificaram a existência de bases de dados associadas às coleções biológicas de Botânica, através dos seus herbários e coleções históricas, coleções vivas (p.e Jardins Botânicos), e de Zoologia presente nas suas coleções museológicas ou científicas.

 

Pela primeira vez foram também registadas 8 bases de dados de biodiversidade, incluindo a Flora-On da Sociedade Portuguesa de Botânica, BioDiversity4All, ATLANTIS 3.0 (Azorean Biodiversity Database) e o Azores - Sea ImagDOP, ambos pela Universidade dos Açores, a base de dados de observações e bibliografia de animais do Holoceno pela Direcção Geral do Patrimínio Cultural, a base de dados de biodiversidade marinha pelo CIEMAR, Universidade de Évora, a base de dados de Documentação e informação dos Recursos Genéticos Vegetais do Banco de Germoplasma português (BPGV) e a base de dados particular de peixes de água doce (FreshFish_PT) da Doutora Ana Filipa Filipe.

 

A informação agora compilada será integrada no registo de bases de dados de biodiversidade e colecções biológicas que futuramente será disponibilizado através do portal do Nó Português do GBIF. Neste registo faltam ainda inserir pelas instituições algumas colecções biológicas que foram inventariadas no inquérito realizado em 2006 no âmbito do projeto de mentorado Espanha - Portugal.

A informação submetida pode ser, em qualquer momento, actualizada através do formulário correspondente disponível em http://www.gbif.pt/node/115, pelo responsável pela submissão inicial, sendo necessário fazer o login em www.gbif.pt/user. No último trimestre de 2014 o Nó Português do GBIF voltará a promover o Questionário a nível nacional, mas é possível, em qualquer instante, fazer o registo de novos recursos (colecções biológicas/bases de dados) por auto-iniciativa das entidades, através dos formulário disponíveis em permanência aqui.