Publicada a primeira coleção botânica do Museu de História Natural da Universidade do Porto no GBIF

O Museu de História Natural da Universidade Porto, como um dos mais recentes provedores de dados nacional, publica a sua primeira colecção botânica no portal do GBIF, “Colecção de Briófitas do Herbário do Porto (PO)”, num total de 7621 ocorrências com mais de 99% dos registos georreferenciados. Estes dados estão agora disponiveis no serviço IPT do Nó Português e através do portal internacional do GBIF

 

O Herbário do Porto (PO) contém cerca de 22000 espécimes de briófitas (incluindo musgos, hepáticas e antocerotas), colhidos desde 1837 por 61 coletores diferentes, que têm sido activamente catalogados e informatizados nos últimos anos. A maioria dos espécimes foram coletados em Portugal, mas o Herbário PO também inclui uma coleção geral com amostras de vários países europeus e as antigas colónias africanas (Moçambique, Angola, São Tomé e Príncipe). 

 

Neste conjunto de dados agora disponíveis no GBIF estão representados 7621 registos correspondentes a três coleções independentes. Destaca-se a coleção histórica de António Machado, que publicou a primeira Flora de Briófitas de Portugal (1925-1933) e é uma coleção de referência europeia com espécimes tipo. A coleção de briófitas de António Machado apresenta 1591 espécimes colhidos em Portugal Continental, principalmente, na região Noroeste; corresponde a 3 Divisões (Bryophyta, Anthocerotophyta e Marchantiophyta), 174 géneros e 401 taxa (espécies, subespécies e variedades), sendo o coletor principal António Luís Machado Guimarães.

As duas outras coleções incluídas neste conjunto de dados correspondem às coleções recentemente realizadas em habitats específicos (cursos de água e afloramentos rochosos expostos) durante levantamentos florísticos e ecológicos, entre 2002 e 2007. A coleção de cursos de água corresponde a levantamentos de campo realizados pelo coletor Cristiana Vieira em regiões montanhosas do Noroeste português. Este conjunto de dados é composto por taxa aquáticos e semi-aquáticos saxícolas, com 3033 registos. A coleção de  afloramentos rochosos expostos corresponde a levantamentos de campo realizados pelo coletor Helena Hespanhol em superfícies rochosas, fissuras e cavidades de afloramentos rochosos nas regiões do Norte e Centro de Portugal. Neste conjunto de dados estão representados 2997 registos correspondentes a 2 Divisões (Bryophyta e Marchantiophyta), 74 géneros e 128 taxa (espécies, subespécies e variedades).